quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Ação conjunta do MP e Polícia prende em Itaperuna quatro suspeitos de homicídio

Quatro elementos foram presos no final da manhã desta terça-feira (07), em ação conjunta deflagrada pelo Grupo de Apoio aos Promotores (GAP), militares do Serviço Reservado do 29º BPM e agentes da 143ª Delegacia, que deram cumprimento aos mandados expedidos pela 2ª Vara da Criminal da Comarca de Itaperuna.
Os homens, que ainda não tiveram suas identidades reveladas, estão sendo investigados por suposta participação no assassinato de Evaldo Braga Andrade Ferreira, então de 38 anos, no dia 12 de abril deste ano, em uma estrada na localidade de São José do Patrocínio, próximo do distrito de Boa Ventura.
Evaldo segundo o apurado pela Rádio Natividade na época dos fatos, havia deixado a prisão recentemente, onde cumpria prisão preventiva por suspeita de tentativa de homicídio em 26/05/2016, contra o motorista Paulo Jerônimo de Andrade, então com 56 anos, naquela mesma região, mas, aguardava pelo julgamento em liberdade.
RELEMBRE O CASO:
Um homem foi morto a tiros no início da manhã desta quarta-feira (12), na zona rural de Itaperuna. De acordo com as primeiras informações, a vítima identificada como Evaldo Braga Andrade Ferreira, de 38 anos, seguia de moto por uma estrada vicinal, quando foi emboscado pelo seu algoz, na localidade de São José do Patrocínio, próximo do distrito de Boa Ventura. Atingido pelos projéteis, morreu na hora ao lado do veículo.
Levantamento realizado pelo jornalismo da Rádio Natividade, dá conta de que Evaldo havia deixado a prisão recentemente, onde cumpria prisão preventiva determinada pela 2ª Vara Criminal por suspeita de tentativa de homicídio em 26/05/2016, contra o motorista Paulo Jerônimo de Andrade, então com 56 anos, naquela mesma região e atualmente, aguardava pelo julgamento em liberdade. Viaturas da Polícia Militar realizam buscas na intenção de identificar e prender algum suspeito. O corpo segue no local e após perícia, deve ser removido ao IML do município.
Da redação da Rádio Natividade – Foto: Jornalismo/Rádio Natividade

Nenhum comentário:

Postar um comentário